sexta-feira, 27 de novembro de 2015

TA's

Olá magrelas!




Como prometido AQUI trouxe uma pesquisa (resumida) falando sobre TAs. Tem uns bem curiosos, até estranhos. Todos são tristes, afinal são doenças :/
Depois de ler tudo que eu reescrevi, tive um pouco de medo, me encaixo em muita coisa aí, e realmente temo por minha filha, pelo que posso provocar na vida dela. Espero conseguir lidar com tudo isso.

O que é Transtorno Alimentar?

Disfunção alimentar, ou transtorno alimentar (TA), é um termo amplo usado para designar qualquer padrão de comportamentos alimentares que causam severos prejuízos à saúde de um indivíduo. São considerados como patologias e descritos detalhadamente pela OMS. Geralmente apresentam as suas primeiras manifestações na infância e na adolescência. Aproximadamente 90% dos casos são de mulheres jovens, porém recentemente está havendo um aumento no número de transtornos em homens e em adultos de ambos os sexos.

Assim como todos outros transtornos, envolve múltiplos fatores. Dentre os fatores responsáveis, destacam-se:

•Histórico de transtorno alimentar na família.
•Histórico de transtornos de humor na família (como depressão ou transtorno bipolar).
•Famílias autoritárias (anorexia) ou negligentes (bulimia).
•Contexto sociocultural caracterizado pela extrema valorização do corpo magro.
•Disfunções no metabolismo da serotonina e noradrenalina.
•Experiência sexual traumática.
•Certos traços de personalidade (Baixa autoestima, Introversão, perfeccionismo [Anorexia], impulsividade [Bulimia], instabilidade afetiva, evitativo, ansioso).
•Fazer alguma dieta.

É frequente a comorbidade de transtornos alimentares (TAs) com transtornos de humor, transtornos de ansiedade e dependência química. Sendo assim esses transtornos são considerados fatores de risco para anorexia, bulimia, hipergafia e vigorexia. Transtornos psiquiátricos de membros da família de primeiro grau (geralmente a figura materna) estão entre os principais fatores correlacionados com os TAs. Parentes de primeiro grau de pessoas com anorexia tem 11 vezes mais chance de desenvolverem esse transtorno que o normal enquanto parentes de bulímicos tem 4 vezes mais chance. 
Mães com anorexia tem 75%-80% de chance de transferirem a anorexia para um ou mais filhos e mães com bulimia tem 45% a 55%. Acredita-se que existe um predomínio dos fatores ambientais sobre os genéticos nessa transferência pois existe uma correlação positiva entre a convivência com a mãe e a transmissão dos transtornos e a terapia comportamental é mais eficaz que a medicamentos nesses transtornos.


Vamos conhecer os TAs:

Anorexia:
Anoréxicos atingem uma grande perda de massa,
de modo que o seu Índice de Massa Corporal se reduza a valores inferiores a 17,5 kg/m². A perda de peso pode ser efetivada por estrita restrição
dietética, em adição a exercícios físicos excessivos; outros, em conjunção a esses métodos, também podem abusar de técnicas purgativas (provocar-se vômitos, abusar de laxantes ou diuréticos , etc.) que acreditam resultar em perda das calorias consumidas, sem necessariamente, como no caso da bulimia, ter antes havido períodos de comilança desenfreada.

Bulimia:
Por definição, bulímicos passam por episódios (pelo menos duas vezes por semana) de comilança desenfreada que resultam num consumo de calorias muito superior ao de uma pessoa normal no mesmo período. Seguidos desses episódios, são por eles empregados vários hábitos que visam compensar o ganho calórico, entre os quais os mais usados são as técnicas purgativas; em uma pequena minoria dos casos, porém, bulímicos limitam-se a se exercitar rigorosamente e/ou jejuar por longos períodos,
sem provocar a purgação da comida. A bulimia se distingue do tipo purgativo da anorexia, por não haver, no caso do primeiro transtorno, o emagrecimento extremo visto no segundo.

Hipergafia:
Segundo a OMS, Hipergafia é quando um evento traumático resulta em um aumento no consumo de alimentos e consequentemente um rápido
aumento de peso, geralmente resultando em obesidade piorando a autoestima e autoconfiança do indivíduo.

Ortorexia:
É a obsessão por alimentos saudáveis e nutritivos excluindo uma grande quantidade de alimentos, principalmente os mais industrializados, dessa dieta. Quase sempre ocorre em países desenvolvidos.

Pica:
É o impulso de comer objetos não nutritivos nem cuja ingestão é aceita socialmente. Mais comum em crianças e mulheres grávidas. Seu nome é baseado no nome latim de um corvo famoso por comer de tudo .

Síndrome de Prader-Willi:
Afeta crianças independentemente do sexo, raça ou condição social. De natureza genética, mais frequente em quem possui baixa estatura e peso,
geralmente envolve retardo mental ou transtornos de aprendizagem e desenvolvimento sexual incompleto se trata de uma necessidade involuntária de comer constantemente, o que quase resulta em outros problemas de saúde como obesidade e problemas cardíacos. Leva a morte caso não tratado. Antidepressivos ISRS tem se mostrado eficaz restringindo os danos, porém essa síndrome ainda não tem cura.

Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica (TCAP):
Conhecido em inglês por binge eating disorder, é uma classificação relativamente recente para a compulsão por comer, característica da bulimia que não envolve o uso de métodos extremos de perda de peso como vômito, anfetaminas e laxantes. 30% dos obesos possuem esse transtorno e sua prevalência na população gira em torno de 2%.

Transtorn Obsessivo Compulsivo (TOC) por alimentos:
Semelhante aos outros transtornos obsessivos compulsivos, envolve pensamentos incontroláveis, repetitivos e persistentes, que só são aliviados enquanto o indivíduo se alimenta. Enquanto não se alimentar seguindo suas crenças o indivíduo sofre de uma ansiedade crescente e pensamentos constantes até ceder e é imediatamente reforçado/reforço positivamente (com o prazer de comer) e
negativamente (com o alívio da ansiedade) enquanto estiver comendo. Mesmo que esteja ciente de que seus pensamentos são prejudiciais a si mesmo, irrealísticos e inapropriados o indivíduo não consegue controlá-los. Ao contrário dos outros transtornos alimentares os antidepressivos são bastante eficazes no tratamento do TOC.

Transtorno de Ruminação:
Mais frequente em crianças pequenas é caracterizado pela regurgitação ou remastigação repetida que não podem ser explicados por nenhuma condição médica. Podem resultar em desnutrição, perda de peso, alterações do equilíbrio hidroeletrolítico, desidratação e até morte.

Vigorexia:
É a obsessão por um corpo musculoso e atraente, quase sempre em homens. Envolve um treinamento muscular obsessivo e alimentação voltada para a manutenção desse corpo com uso frequente de anabolizantes. É classificada junto com os transtornos alimentares por envolver um disformismo corporal reforçado pelo culto a imagem, o desenvolvimento de uma alimentação restrita e hábitos patológicos com causas,
consequências e tratamento semelhantes ao da anorexia e bulimia.

Outros transtornos não identificados:
Cerca de um terço dos diagnósticos feitos usando
o DSM IV são classificados como não especificados por não possuírem um ou mais critérios essenciais para a classificação em outro
transtorno. Por volta da metade desses transtornos parciais se tornam transtornos completos caso não sejam tratados adequadamente preventivamente.

Sintomas e outros sinais de alerta:

•Emagrecimentos
•Cuidado excessivos com a alimentação
•Desculpas para não comer ou comer sozinha
•Isolamento, alterações de humor e agressividade
•Excesso de exercício físico
•Vômitos e uso de laxantes
•Atitude demasiado crítica quanto à sua imagem
•Perda de apetite

É meio didático, achei interessante. Fico imaginando quantos TAs podem existir por aí, e se o homem será capaz de catalogar todos, até porque já existe a categoria dos “não identificados". Enfim.

Prometo que amanhã passo no blog de tooodas as borboletas! Se tiver alguém que não sigo ainda, por favor me diga que seguirei com prazer!

Se cuidem magrelas!


quinta-feira, 26 de novembro de 2015

atualizando





Hello princess, passando rapidinho para atualizar.

Me pesei, estou com 61,3kg - estava com 63,7 - mas parece que está a mesma merda. O bom que menos 1 quilo e 300 gramas e eu bato minha segunda meta (60kg).
Uma novidade legal, eu cresci! Tenho 1,60m (era 1,58). Fazia um tempão que não media, então me mediram e descobri que estou 2 cm mais alta já não era sem tempo!

Outra novidade, só que bad, é que a um tempo o Instagram removeu minha conta, alegando ferir seus termos. Quando fui entrar apareceu isso:


E ainda me oferecem suporte :s

Eu sei que eles estão certos em tirar más influências como eu, mas poxa, eu gostava do meu ig.
Enfim, sem data para um novo.

Hoje não tem diário alimentar, mas eu estou num desafio com a Lua ♥ onde vamos diminuir os carboidratos.

É low carb, mas não vamos aumentar as proteínas (ta bem explicadinho AQUI). Na verdade foi uma idéia da Lua que superaceitei porque também estava observando meus diários alimentares, e percebi que os carboidratos estão em altíssimas quantidades, o que - apesar de eu estar emagrecendo - me deixa cheia de bolhas de gordura exposta sob a pele!
Vamos mudar isso. Não vou cortar todos totalmente, só quero deixar minha alimentação mais natural, livre de açúcar, e toooda esta balela que vocês já conhecem.
Porque no fim eu estava me sabotando.
Ah! Luna me desafiou a perder 2,5kg até dia 30/11. Vale de tudo!!! Então let's go!!!


Look do dia:




Amada camisa jeans! Tão atemporal! Você compra uma hoje e (se durar) pode usar até 2023 que ela continuará it it it!!! A skater skirt é texturizada, porém discreta. Não é aqueles paetês carnavalescos de baixa qualidade que a Bella e o Arlindo jogam no lixo. O coque faz o tipo effortless chic (chique sem esforço) daqueles que você acorda às cinco da manhã pra fazer, mas parece que você só acordou, prendeu e nasceu linda. Percebam como ela pesou na pulseira e relógio, mas foi bem suave na escolha dos brincos e colar. A make “deixe minha pele respirar" + olho gatinho e batom colorido a la francesa caíram bem. A sandália eu achei com carinha de festa, eu colocaria tranquilamente um scarpin/ankle strap/mary jane/alpargatas/mocassim/espadrilhe... Ai gente! Um milhão de possibilidades que dependem do seu gosto e da ocasião - que por sinal deve ser mais informal e descontraída. Vamos falar da it bag clássica sonho de consumo que deixa a moça mais sofisticada, porém pra mim ela em conjunto com a saia tem cara compras em NY! Deixa o look um pouco confuso, não é regra mas eu trocaria a bolsa por uma transversal vazada linda que vi quando perambulava pelo shopping.

Iai, gostaram?
Espero que sim :)






segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Diário Alimentar

Quarta, 18 de novembro= 590

•10:00- Danio morango - 128
•19:00- filé de frango assado - 165
•19:00- macarrão - 297

→exercícios: ok
→franol: 3
→água: 6

Quinta, 19 de novembro= 1197

•12:00- fatia pernil assado - 211
•12:00- 3 col sop arroz - 123
•17:00- ½ fatia torta de frango - 115
•18:00- fatia pernil assado - 211
•18:00- 3 col sop arroz - 123
•18:00- 4 col sop feijão carioca - 80
•20:00- bolinho morango - 151
•20:00- batom garoto - 80
•20:00- bombom serenata de amor - 103

→exercícios: nada
→franol: 2
→água: 7

Sexta, 20 de novembro= 365

•10:10- 500ml suco de melancia com gengibre - 135
18:30- 1 fatia de torta de frango - 230

→exercícios: ok
→franol: 3
→água: 7

Sábado, 21 de novembro= 464

•11:30- 4 col sop de arroz - 164
•11:30- filé de frango - 165
•15:00/17:00- 500ml suco de melancia com gengibre - 135

→exercícios: nada
→franol: 3
→água: 6

Domingo, 22 de novembro= 150

•12:00- 200ml suco de melancia com gengibre - 60
•16:00- banana - 90

→exercícios: nada
→franol: 3
→água: 8

Segunda, 23 de novembro= 437

•08:00- fatia de melancia - 35
•12:00- 2 col sop arroz - 82
•12:00- 3 col sop feijão - 60
•12:00- ½ filé frango - 83
•18:30- club social integral - 117
•18:30- 200ml suco de melancia - 60

→exercícios: ok
→franol: 4
→água: 8


:-\ Sinceramente estou com vergonha dessa semana, praticamente sem exercícios, muita comida. E o pior! Comida gorda!!! aff aff aff

___________________________________________

Tenho passado meus dias estudando. Não, não estou estudando para as provas finais como deveria, to estudando moda. Sim, moda. Na verdade estou montando meu estilo, fazendo uma auto consultoria. Nossa Any que bobagem! Não é. É bastante importante pra mim, sabe por quê? Porque se me perguntarem para quê quero ser magra eu, de pronto, respondo: para poder vestir-me bem
Do jeito que sempre sonhei.

Com essa minha auto consultoria de moda percebi o quanto as coisas mudaram de 2011 pra cá. Nuss... Vocês não imaginam! Fico feliz em dizer que meu estilo mudou sim, e para melhor!
Cortei modelagens e cores que não me favorecem, que me fariam passar uma imagem super equivocada do que não sou.

Gostaria de compartilhar isso com vocês, de verdade. Mas não quero que se cansem de mim e do meu blog, então como ficaria muito grande vou deixar para o próximo post, ok?

Pra encerrar com muito estilo
E como estou completamente imersa no mundo da moda
Deixo pra vocês o look inspiração do dia, espero que gostem! 


Esse look é bem democrático. Adoro ele!
A camisa branca é certeira, com esses recortes vazados fica mais delicado e tem muita informação de moda, o blazer preto é uma das peças que precisam existir em todo e qualquer guarda-roupa (masculino e feminino), ele traz o poder da terceira peça, projeta duas linhas na diagonal que emagrece visualmente. O jens é outra peça atemporal que vale a pena investir. Pode conter lavagens ou ser destroyed, mas se o look for para o trabalho um jeans mais sóbrio cabe melhor na situação. Lembrando que no caso desta calça os zípers na altura do quadril aumenta-o visualmente, então cuidado moças. Nos pés você pode pôr desde uma sapatinha, passando por um oxford até um scarpin, podendo eles ter cores, estampas e texturas variadas, tudo vai depender da ocasião. Ah! A it bag maravilhosa não pode passar despercebida, linda faz o tipo discreta-estilosa, e é perfeita pro trabalho. Os acessórios ficam eencarregados de acrescentar sua identidade no look.




Basers ♥

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

DICIONÁRIO ANA & MIA

Dicionário Ana & Mia


ANA: anorexia.

MIA: bulimia.

NF (no food): Jejuar. Não comer. É permitido apenas café e chá sem açúcar, coca cola zero, trident sem açúcar. Águas temperadas também são permitidas (água com gengibre, limão, beringela, canela).

LF (low food): Comer pouco, ou apenas o suficiente. São permitidas de 100 a 800 calorias. Podeacha gastas com qualquer alimento, passando de 800 não é mais lf.

LF líquido: Consumir de 100 a 800 calorias só de líquidos (sucos, sopas, iogurtes, leite, shakes, refrigerantes).

Semi-NF: Quando for consumido até 100 calorias. Também pode ser líquido.

DIETA: Um plano alimentício que pré-estabelece alimentos ou calorias que devem ser consumidos durante um certo período de tempo, a fim de perder peso ou reduzir medida ou em casos específicos ganhar massa magra.

MIAR: Provocar o vômito proprositalmente, seja com os dedos, escova de dentes, perfume, detergente ou qualquer outro método, inclusive remédios. Por culpa ou pelo doentio prazer de comer e vomitar.

LAX: Laxantes, usados normalmente depois das compulsões ou para diminuir a barriga (ilusoriamente).

DIU: Diuréticos usados com o mesmo fim que os laxantes.

COMPULSÃO: Comer exageradamente sem raciocinar.

THINSPIRATION (thinspo): É uma inspiração de magreza. Uma pessoa que tem o corpo que te inspira, podendo ser uma atriz, cantora, modelo, uma vizinha ou qualquer outras que têm o corpo que deseja.

FITSPO: Inspiração de magreza fitness. Podendo ser do tipo magrela, gostosa ou maromba.

FATSPO: Uma pessoa que tem o corpo que você evita, em relação ao excesso de peso. Gordas basicamente.

COLAR  BONES: Ossos da clavícula. Ossinhos que aparecem perto do pescoço.

THING  GAP: Também conhecido como escapa gato, é o espacinho que existe entre pernas finas. Onde elas não se encostam.

AF: Atividade Física. Exercícios.

TA: Transtorno Alimentar (anorexia, bulimia, hipergafia, ortorexia, vigorexia, TCAP, entre outros).

P.s.: Está no planejamento do blog um post explicativo sobre os tipos de TA's.

Pró ana e/ou pró mia : É quem apóia/incentiva a anorexia e/ou bulimia. Nem toda ana/mia é pró, é bom entender isso.

Pulseiras ana/mia: São pulseiras de qualquer material que usamos para nos reconhecer ou para lembrar da causa. 
vermelha: para ana
roxa: para mia
preta: para anamia

Atingir o CONTROLO: Chegar a ana, atingir sua meta final.

DISTORÇÃO: Quando você enxerga seu corpo maior do que realmente é.

JOURNAL: Um livro/caderno/agenda com dietas, metas, poemas, dicas e thinspos para inspiração e controle de resultados.


Dicas e observações:

•Se você está acima do peso o emagrecimento inicial será mais rápido. Depois que atingir um certo peso irá ter seu metabolismo mais lento e a perca de peso pode não ser constante. A dica é: use alimentos termogênicos como pimenta e gengibre, consuma alimentos com calorias negativas, varie as calorias dos lfs ou intercale nf e lf, tente intensificar os exercícios para manter o corpo queimando. Assim você evita comer a toda hora.

•Faça água detox, reduz a celulite consideravelmente, emagrece, ajuda a regular o intestino e acelera o metabolismo.
RECEITA: 1 berinjela; gengibre a gosto; 1 ou 2 limões; 1l de água potável.
MODO DE PREPARO: corte a berinjela em tiras ou em cubos; descasque o gengibre e corte em cubos; ponha na água; lave os limões, corte-os e esprema-os na água e depois os ponha (com casca) na mistura. Deixe descansar em recipiente com tampa por 8 horas ou uma noite. Consuma a água durante o dia todo (ingerindo pelo menos 200ml em jejum) e preencha para o dia seguinte. A água pode ser reposta de 3 a 5 dias, depois desse período tudo deve ser trocado. Conservar na geladeira. 

•Controle o uso de laxantes e diuréticos, eles não emagrecem. Apenas te dão a sensação de estar menos cheia. Deixe para ocasiões especiais.

•Quando usar diurético triplique o consumo de água.

•Quando usar laxante tenha certeza que não fará nada de importante na hora dos efeitos. Assim você se previne de maus momentos.

•Em dias de nf, tente não fazer esforços grandiosos. Evite desmaiar na frente dos outros.

•Nos seus lfs tente consumir alimentos mais saudáveis, não gaste suas calorias com guloseimas e comidas gordurosas. Aproveite a oportunidade para se nutrir.

•Miar engorda, se você perde o controle sobre a comida e passa a comer pensando que pode miar ou usar laxantes, pode ter certeza você estará se afastando do seu objetivo.

•Nunca fale que está muito gorda ou de dieta na frente de parentes e/ou amigos, eles podem desconfiar.

•Para descartar comida indesejada guarde sacos plásticos em seu quarto pra esse fim.

•Tente não desperdiçar muito alimento, você pode doar ou alimentar um cãozinho.

•Pra se distrair da fome realize tarefas que te dêem prazer. Dance, cante, desenhe, assista um filme/série/novela, namore, leia, saia pra correr, aproveite e queime umas calorias.

•Chupar gelo é legal. Você pode fazer picolés com suco clight zero pra distrair a fome.

•Dê passeios pela cozinha períodicamente. Deixe pratos sujos para simular que você comeu.

•Beba muita água, você sabe porque.

•Acorde cedo, tome um banho para lhe dar disposição.

•Parece bobagem, mas manter-se limpa, depilada e cheirosa vai te ajudar a se manter focada.

•Pinte as unhas para esconder a palidez.

•Use hidratante/protetor labial para amenizar o ressecamento da boca.

•Um blush é sempre bom pra disfarçar um rosto pálido.

•Exercícios vão te ajudar a emagrecer mais depressa e te livrarão da flacidez.

•Tome suplementos vitamínicos para manter cabelo e unhas fortes.

•Cuide da sua auto-estima, se seu cabelo/pele estiver bom, você terá mais foco pra continuar.

•Compre roupas apertadas, com certeza você vai querer ficar bem nelas.

•Prestes a ter uma compulsão? Pule 100 vezes sem parar.

•Se presentei a cada meta alcançada.

•Não gaste seu dinheiro com comida desnecessária, compre novos esmaltes ou cremes de hidratação. Quem sabe uma nova peça de roupa, ou até pode ajudar alguém que precisa.

•Quando for miar a dica é não beber muita água, ela sempre sai primeiro, as vezes pelo nariz, você só vai se cansar. Aperte o estômago e tente empurrar a comida por dentro, com o controle da respiração você não fará tanto barulho.

•Comer em frente o espelho realmente funciona.

•Pese-se semanalmente.

•Mantenha metas préestabelecidas, e planeje o seus próximos dias.

•Mantenha um diário alimentar.

•Tenha uma caixinha onde você coloca o valor calórico de cada alimento que você resistiu escrito em um papel. Abra-a no fim do dia, some tudo e sinta-se realizada.

•Se tiver um journal guarde-o com sua vida, se descobrirem você está frita.

•Mentir uma dia será necessário.

•Tente manter o uso de refrigerantes zero baixos, eles podem não conter calorias mas tem muito sódio, o que te faz inchar.

•Muita vontade de comer? Coloque gotas de molho de pimenta em sua língua.

•Estabeleça punições. Exercícios são os melhores.

•Um dia perdido não significa que deve comer mal o mês inteiro.

•Faça planos, tenha sonhos. Dê tudo de si para realiza-los.

•Conheça seus limites, seja magra e viva! Magreza no caixão não adianta.

•Quando comer, mastigue devagar. Sinta o gosto da comida. Antes de acabar a culpa será tão grande que você irá desistir.

•Não se renda a qualquer tentação, no começo sempre é difícil. Depois de um tempo as comidas “gostosas" não serão assim tão tentadoras.

•Quando você parar de comer tanto, vai ver como frutas e verduras podem saborosas! A fome é o melhor tempero.

•Lembrando: não faça compras de barriga vazia. Ou muito infeliz, você pode querer descontar suas tristezas, decepções ou raiva na comida.

•Toda vez que comer além do planejado, preste bem atenção na culpa. Veja o quão doloroso é comer sem limites. Assim você vai lembrar da próxima vez.

•Tente socializar.

•Quando te oferecerem comida diga que comeu algo em outro lugar.

•Se torne intolerante a alguns tipos de alimentos. Faça com que as pessoas acreditem nisso.

•Toque seus ossos, sinta-os evidênciando, aproveite o resultado. Veja como tudo vale a pena.


Então magrelas, vocês devem estar se perguntando: por que a Any ta escrevendo o que todo mundo já sabe. Bom, eu queria deixar aqui algo mais concreto, para todos entendam bem os conceitos que aprendi lá em 2011. E as dicas e observações foram todas escritas por mim, tudo testado e comprovado. Óbvio que existem inúmeras outras coisas que se acha facilmente na blogosfera ANAMIA. 


Como o post está bem didático, quero falar/explicar pra vocês minha experiência com o franol.
Se não me engano comecei com o franol em 2013, e de lá pra cá ele tem sido meu céu e meu inferno. Depois de ter minha filha ficava entre 60kg e 67kg, nunca passava disso (isto já com a ana) mas após conhecer a mia, tudo desandou, engordei mais e mais, contudo conheci o franol comecei a tomar e vi logo os resultados. Porém assim que parava o peso voltava em dobro.
Vamos a alguns conceitos:

→ ECA: efedrina + cafeína + aspirina. É um termogênico caseiro, a receita é 30mg de efedrina (2 franols) + 200mg de cafeína (200ml de café extra forte) + 1 aspirina.
Acho a aspirina totalmente desnecessária, já que a intenção dela é só amenizar os efeitos do negócio, e isso é meio difícil de acontecer.

→ EC: efedrina + cafeína. Mesmos efeitos e mesma receita do ECA, só que tirando a aspirina.

→Franol: Só deve ser vendido sob prescrição médica, porém não é isso que acontece, aqui eu compro livremente e nunca me perguntaram nada. É destinado ao uso como broncodilatador, na asma brônquica e no broncoespasmo reversível, que pode ocorrer na bronquite. Nele contém 15mg de sulfato de efedrina (equivalente a 11,9mg de efedrina). O que faz emagrecer meninas é a efedrina, que é um planta/erva oriental que teve o uso proibido para fins de emagrecimento por ser viciante e considerada como “uma droga com mais maléficios que benefícios".

Então, como eu já disse acho extremamente desnecessário o uso da aspirina. Tentei EC, só que eu não tomo café não suporto o cheiro me faz vomitar  aí um belo dia eu tomei apenas o franol, e para minha alegria  surpresa nada mudou, com café ou sem café o franol faz efeito do mesmo jeito. Por isso o tomo puríssimo. Entre 2 e 4 comprimidos por dia.
Na verdade o recomendado para quem está tomando é tomar durante 15 dias seguidos e dar uma pausa de 15 dias sem toma-lo. No meu caso essa pausa não existe, tomo direto desde de maio deste ano, sei lá quantas caixas já se foram, minhas pausas são de um ou dois dias quando falta mesmo. Se me prejudica? Acho que sim. Se eu penso em parar? Com certeza não agora. 
Sem data prevista.

Se eu perdi esses 15kg devo TUDO ao franol e a aquela água detox que eu citei ali acima. “Nossa que maravilha! Vou me acabar no franol Anahi!!!
Uepa!  Não é essa maravilha toda que você está pensando. E é por isso que me sinto na obrigação de contar-lhes os efeitos colaterais dessa belezinha.
Vamos lá (de novo)

Você pode sentir:

tontura 
náuseas
taquicardia
•  suor excessivo
dores de cabeça do tipo “consideravel"
•  tremedeira
•  falta de concentração
irritabilidade 
cãibras
formigamento
dormência dos membros (principalmente inferiores)
hipertensão
inquietude
picos de energia
insônia
perda de apetite
risadas maléficas quando se está sozinha


Bom, só consegui lembrar desses. A maioria eu sinto, só não a hipertensão. Pois tenho hipotensão e o negócio parece balancear, sei lá. E outra, ele realmente vicia, eu estou num quadro tão profundo que fico desesperada se não tenho aqui. Any sem franol = Any compulsiva.

Por isso é bom que saibam que não é uma maravilha tão grande assim. Ele é potente sim, funciona realmente, é barato (custa entre 5 e 6 reais com 20 comprimidos se não me engano) mas tem muita coisa ruim por trás.
Aaaaah! Mais duas coisas:

Quem tem problema cardíaco não tome de maneira nenhuma.

Quem usa anticoncepcional, o franol pode vai interferir nos efeitos do anticoncepcional. Você encontra essa informação na bula, em interações medicamentosas.
É tão tal que eu parei de tomar, ele bagunçou todo meu ciclo, e como a necessidade de tomar a efedrina era maior, eu optei por continuar com o franol e dar fim na pilula. E o marido Any? Ele tá usando preservativo amores, até porque o prazer vem por outros caminhos e de outras formas ...
A questão é que não atrapalhou nada minha vida sexual.
Pra acabar com as dúvidas que ainda restam, sim ele e sabe que eu consumo franol diariamente e até compra pra mim. No começo ele resistiu um pouco, mas eu usei meu poder de manipulação e o convenci de que o franol não me faz nenhum mal, depois que ele viu os resultados implica bem menos. Até porque quando quero que ele vá comprar sempre ofereço “um prêmio" em troca.
Fica tuuudo tranquilo :)


Bom, se ainda resta dúvidas, podem perguntar. 
Gostaram das dicas/observações?
E o vocabulário anamia de vocês, é o mesmo?



♥Besos de fuego ♥