sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Inveja

Hoje é um dia péssimo, dia de luto. Um dia triste que eu odeio com todas as minhas forças. Hoje é aniversário da minha prima perfeita. Claro, ela vai ter festa, uma festa supresa porque o "sonho" dela é ter uma festa supresa :/ sou obrigada a participar da palhaçada e usar meu lindo sorriso falso. Mas Any porque tanto ódio? Porque tenho vivido na sombra dela desde que a conheci. Lembram? Quando fizemos 15 anos ela escolheu meu pai e meu marido pra dançar valsa com ela, o pior dia... Ela estava linda, maravilhosa e eu tão gorda tão ridicula. Depois da valsa fui chorar no banheiro. Ela sempre foi linda, a mais linda. Sempre foi o destaque, a protagonista. Na igreja, quando tínhamos uns 6/7 anos participavamos da coroação de Nossa Senhora. Eu oferecia as palmas, cantava um trechinho pequeno, vestia uma bata branca enorme de brim, minha mãe tentava arrumar meu cabelo de alguma forma mas os cachos rebeldes não permitiam e tudo ficava feio. Já ela, bom ela ficava no lugar mais alto, claro ela era o destaque coitada da Santa, minha prima ofuscava até a imagem. Ela vestia uma bata de cetim perola branca ou azul clarinho, com asas enormes cheias de glitter e plumas, coroa de strass na cabeça contornando o cabelo castanho-liso-perfeito que caia até a cintura, de luvas de renda ela cantava uma bela canção enquanto coroava a Santinha. Depois todos na igreja iam tirar fotos com ela e parabenizar minha tia "Oh! Que menina linda, que prodígio, que perfeita!" Foram 4 longos anos assim, durante 3 destes 4 anos conhecemos aquela novelinha teen REBELDE não sei se já ouviram falar? Bom, me apaixonei por Mia Colucci, estrelinha na testa e saias de babados. Eu, a prima e minha BFF fizemos uma banda cover haha não cantavamos, só interpretavamos mesmo. Mas eu não era a Mia, eu tinha que ser a Roberta. Mia tinha que ser minha prima porque ela era magra e tinha a franjinha, por isso era mais parecida. Brilhamos muito, nos apresentamos bastante mas nunca foi completo, nunca foi perfeito. Na primeira eucaristia tiveram que trocar os catequistas, minha achou que não estava "preparada" e me fez estudar mais 2 anos, então ela fez a eucaristia antes de mim com um lindo vestido alugado, com luvas de renda, saltinho e arranjo no cabelo armado com cachos falsos, teve uma festa enorme. Na minha vez não era mais permitido o vestido de princesa porque era injusto com as meninas que não podiam pagar, então lá fui eu com a blusa da igreja e uma saia no joelho :s foi a missa mais longa da minha vida. Ela fez Crisma ano passado, eu devia ter feito também mas o padre não deixou porque moro com um homem e vivo no pecado, não posso nem comungar então não me aceitaram. Nem a igreja me aceita, quem dirá eu mesma. Ela se crismou e fez uma linda festa. Hoje deve ser a centésima festa dela que serei obrigada a ir, ver ela com uma roupa nova obviamente porque ela é uma patricinha perfeita que quase nunca repete roupa, com o cabelo loiro, longo, liso natural, com aquela cara de boneca. Minha mãe ama ela, diz que todas tem inveja porque minha prima é linda. Nenhuma das minhas amigas gosta da L* (minha prima) e pra minha mãe é pura inveja, ela compra presentes caros pra L* e faz absolutamente tudo que ela pede. É tão desgastante pra mim. Tenho que ouvir as histórias românticas do namorado rico e estudante de medicina (só pra constar) que faz surpresas e manda flores, ursos, chocolates, roupas, que paga ensaios fotográficos e viagens pra ela. O pior ainda estar por vir, a formatura dela. Não ela nem começou a faculdade ainda, porque os cursos os quais ela passou não são "bons" o bastante pra ela, ela não faria administração NUNCA. Mas um dia ela vai se formar, e vai ser antes de mim, e eu vou ser obrigada a ir e aplaudir ela. Quando ela casar, eu vou ter que ir e aplaudir. É insuportável, um beco sem saída. Eu tenho inveja dela, ela é um exemplo de menina perfeita, um modelo tanto na aparência como no jeito de ser. Ela fez tudo direito no tempo certo. Ela não é uma gorda problemática que pariu aos 14 anos. Menina de ouro. Tenho inveja, inveja, inveja. Porque ela não me deixa em paz porque não some da minha vida, porque ela não vai ser perfeita longe de mim? Gosto tanto dela :( mas não agüento ficar perto.