sexta-feira, 27 de novembro de 2015

TA's

Ol√° magrelas!




Como prometido AQUI trouxe uma pesquisa (resumida) falando sobre TAs. Tem uns bem curiosos, at√© estranhos. Todos s√£o tristes, afinal s√£o doen√ßas :/
Depois de ler tudo que eu reescrevi, tive um pouco de medo, me encaixo em muita coisa aí, e realmente temo por minha filha, pelo que posso provocar na vida dela. Espero conseguir lidar com tudo isso.

O que é Transtorno Alimentar?

Disfun√ß√£o alimentar, ou transtorno alimentar (TA), √© um termo amplo usado para designar qualquer padr√£o de comportamentos alimentares que causam severos preju√≠zos √† sa√ļde de um indiv√≠duo. S√£o considerados como patologias e descritos detalhadamente pela OMS. Geralmente apresentam as suas primeiras manifesta√ß√Ķes na inf√Ęncia e na adolesc√™ncia. Aproximadamente 90% dos casos s√£o de mulheres jovens, por√©m recentemente est√° havendo um aumento no n√ļmero de transtornos em homens e em adultos de ambos os sexos.

Assim como todos outros transtornos, envolve m√ļltiplos fatores. Dentre os fatores respons√°veis, destacam-se:

•Hist√≥rico de transtorno alimentar na fam√≠lia.
•Hist√≥rico de transtornos de humor na fam√≠lia (como depress√£o ou transtorno bipolar).
•Fam√≠lias autorit√°rias (anorexia) ou negligentes (bulimia).
•Contexto sociocultural caracterizado pela extrema valoriza√ß√£o do corpo magro.
•Disfun√ß√Ķes no metabolismo da serotonina e noradrenalina.
•Experi√™ncia sexual traum√°tica.
•Certos tra√ßos de personalidade (Baixa autoestima, Introvers√£o, perfeccionismo [Anorexia], impulsividade [Bulimia], instabilidade afetiva, evitativo, ansioso).
•Fazer alguma dieta.

√Č frequente a comorbidade de transtornos alimentares (TAs) com transtornos de humor, transtornos de ansiedade e depend√™ncia qu√≠mica. Sendo assim esses transtornos s√£o considerados fatores de risco para anorexia, bulimia, hipergafia e vigorexia. Transtornos psiqui√°tricos de membros da fam√≠lia de primeiro grau (geralmente a figura materna) est√£o entre os principais fatores correlacionados com os TAs. Parentes de primeiro grau de pessoas com anorexia tem 11 vezes mais chance de desenvolverem esse transtorno que o normal enquanto parentes de bul√≠micos tem 4 vezes mais chance. 
Mães com anorexia tem 75%-80% de chance de transferirem a anorexia para um ou mais filhos e mães com bulimia tem 45% a 55%. Acredita-se que existe um predomínio dos fatores ambientais sobre os genéticos nessa transferência pois existe uma correlação positiva entre a convivência com a mãe e a transmissão dos transtornos e a terapia comportamental é mais eficaz que a medicamentos nesses transtornos.


Vamos conhecer os TAs:

Anorexia:
Anoréxicos atingem uma grande perda de massa,
de modo que o seu √ćndice de Massa Corporal se reduza a valores inferiores a 17,5 kg/m². A perda de peso pode ser efetivada por estrita restri√ß√£o
diet√©tica, em adi√ß√£o a exerc√≠cios f√≠sicos excessivos; outros, em conjun√ß√£o a esses m√©todos, tamb√©m podem abusar de t√©cnicas purgativas (provocar-se v√īmitos, abusar de laxantes ou diur√©ticos , etc.) que acreditam resultar em perda das calorias consumidas, sem necessariamente, como no caso da bulimia, ter antes havido per√≠odos de comilan√ßa desenfreada.

Bulimia:
Por defini√ß√£o, bul√≠micos passam por epis√≥dios (pelo menos duas vezes por semana) de comilan√ßa desenfreada que resultam num consumo de calorias muito superior ao de uma pessoa normal no mesmo per√≠odo. Seguidos desses epis√≥dios, s√£o por eles empregados v√°rios h√°bitos que visam compensar o ganho cal√≥rico, entre os quais os mais usados s√£o as t√©cnicas purgativas; em uma pequena minoria dos casos, por√©m, bul√≠micos limitam-se a se exercitar rigorosamente e/ou jejuar por longos per√≠odos,
sem provocar a purgação da comida. A bulimia se distingue do tipo purgativo da anorexia, por não haver, no caso do primeiro transtorno, o emagrecimento extremo visto no segundo.

Hipergafia:
Segundo a OMS, Hipergafia é quando um evento traumático resulta em um aumento no consumo de alimentos e consequentemente um rápido
aumento de peso, geralmente resultando em obesidade piorando a autoestima e autoconfiança do indivíduo.

Ortorexia:
√Č a obsess√£o por alimentos saud√°veis e nutritivos excluindo uma grande quantidade de alimentos, principalmente os mais industrializados, dessa dieta. Quase sempre ocorre em pa√≠ses desenvolvidos.

Pica:
√Č o impulso de comer objetos n√£o nutritivos nem cuja ingest√£o √© aceita socialmente. Mais comum em crian√ßas e mulheres gr√°vidas. Seu nome √© baseado no nome latim de um corvo famoso por comer de tudo .

Síndrome de Prader-Willi:
Afeta crianças independentemente do sexo, raça ou condição social. De natureza genética, mais frequente em quem possui baixa estatura e peso,
geralmente envolve retardo mental ou transtornos de aprendizagem e desenvolvimento sexual incompleto se trata de uma necessidade involunt√°ria de comer constantemente, o que quase resulta em outros problemas de sa√ļde como obesidade e problemas card√≠acos. Leva a morte caso n√£o tratado. Antidepressivos ISRS tem se mostrado eficaz restringindo os danos, por√©m essa s√≠ndrome ainda n√£o tem cura.

Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica (TCAP):
Conhecido em ingl√™s por binge eating disorder, √© uma classifica√ß√£o relativamente recente para a compuls√£o por comer, caracter√≠stica da bulimia que n√£o envolve o uso de m√©todos extremos de perda de peso como v√īmito, anfetaminas e laxantes. 30% dos obesos possuem esse transtorno e sua preval√™ncia na popula√ß√£o gira em torno de 2%.

Transtorn Obsessivo Compulsivo (TOC) por alimentos:
Semelhante aos outros transtornos obsessivos compulsivos, envolve pensamentos incontrol√°veis, repetitivos e persistentes, que s√≥ s√£o aliviados enquanto o indiv√≠duo se alimenta. Enquanto n√£o se alimentar seguindo suas cren√ßas o indiv√≠duo sofre de uma ansiedade crescente e pensamentos constantes at√© ceder e √© imediatamente refor√ßado/refor√ßo positivamente (com o prazer de comer) e
negativamente (com o al√≠vio da ansiedade) enquanto estiver comendo. Mesmo que esteja ciente de que seus pensamentos s√£o prejudiciais a si mesmo, irreal√≠sticos e inapropriados o indiv√≠duo n√£o consegue control√°-los. Ao contr√°rio dos outros transtornos alimentares os antidepressivos s√£o bastante eficazes no tratamento do TOC.

Transtorno de Ruminação:
Mais frequente em crian√ßas pequenas √© caracterizado pela regurgita√ß√£o ou remastiga√ß√£o repetida que n√£o podem ser explicados por nenhuma condi√ß√£o m√©dica. Podem resultar em desnutri√ß√£o, perda de peso, altera√ß√Ķes do equil√≠brio hidroeletrol√≠tico, desidrata√ß√£o e at√© morte.

Vigorexia:
√Č a obsess√£o por um corpo musculoso e atraente, quase sempre em homens. Envolve um treinamento muscular obsessivo e alimenta√ß√£o voltada para a manuten√ß√£o desse corpo com uso frequente de anabolizantes. √Č classificada junto com os transtornos alimentares por envolver um disformismo corporal refor√ßado pelo culto a imagem, o desenvolvimento de uma alimenta√ß√£o restrita e h√°bitos patol√≥gicos com causas,
consequências e tratamento semelhantes ao da anorexia e bulimia.

Outros transtornos n√£o identificados:
Cerca de um terço dos diagnósticos feitos usando
o DSM IV s√£o classificados como n√£o especificados por n√£o possu√≠rem um ou mais crit√©rios essenciais para a classifica√ß√£o em outro
transtorno. Por volta da metade desses transtornos parciais se tornam transtornos completos caso n√£o sejam tratados adequadamente preventivamente.

Sintomas e outros sinais de alerta:

•Emagrecimentos
•Cuidado excessivos com a alimenta√ß√£o
•Desculpas para n√£o comer ou comer sozinha
•Isolamento, altera√ß√Ķes de humor e agressividade
•Excesso de exerc√≠cio f√≠sico
•V√īmitos e uso de laxantes
•Atitude demasiado cr√≠tica quanto √† sua imagem
•Perda de apetite

√Č meio did√°tico, achei interessante. Fico imaginando quantos TAs podem existir por a√≠, e se o homem ser√° capaz de catalogar todos, at√© porque j√° existe a categoria dos “n√£o identificados". Enfim.

Prometo que amanhã passo no blog de tooodas as borboletas! Se tiver alguém que não sigo ainda, por favor me diga que seguirei com prazer!

Se cuidem magrelas!


quinta-feira, 26 de novembro de 2015

atualizando





Hello princess, passando rapidinho para atualizar.

Me pesei, estou com 61,3kg - estava com 63,7 - mas parece que est√° a mesma merda. O bom que menos 1 quilo e 300 gramas e eu bato minha segunda meta (60kg).
Uma novidade legal, eu cresci! Tenho 1,60m (era 1,58). Fazia um temp√£o que n√£o media, ent√£o me mediram e descobri que estou 2 cm mais alta j√° n√£o era sem tempo!

Outra novidade, só que bad, é que a um tempo o Instagram removeu minha conta, alegando ferir seus termos. Quando fui entrar apareceu isso:


E ainda me oferecem suporte :s

Eu sei que eles estão certos em tirar más influências como eu, mas poxa, eu gostava do meu ig.
Enfim, sem data para um novo.

Hoje n√£o tem di√°rio alimentar, mas eu estou num desafio com a Lua ♥ onde vamos diminuir os carboidratos.

√Č low carb, mas n√£o vamos aumentar as prote√≠nas (ta bem explicadinho AQUI). Na verdade foi uma id√©ia da Lua que superaceitei porque tamb√©m estava observando meus di√°rios alimentares, e percebi que os carboidratos est√£o em alt√≠ssimas quantidades, o que - apesar de eu estar emagrecendo - me deixa cheia de bolhas de gordura exposta sob a pele!
Vamos mudar isso. N√£o vou cortar todos totalmente, s√≥ quero deixar minha alimenta√ß√£o mais natural, livre de a√ß√ļcar, e toooda esta balela que voc√™s j√° conhecem.
Porque no fim eu estava me sabotando.
Ah! Luna me desafiou a perder 2,5kg at√© dia 30/11. Vale de tudo!!! Ent√£o let's go!!!


Look do dia:




Amada camisa jeans! T√£o atemporal! Voc√™ compra uma hoje e (se durar) pode usar at√© 2023 que ela continuar√° it it it!!! A skater skirt √© texturizada, por√©m discreta. N√£o √© aqueles paet√™s carnavalescos de baixa qualidade que a Bella e o Arlindo jogam no lixo. O coque faz o tipo effortless chic (chique sem esfor√ßo) daqueles que voc√™ acorda √†s cinco da manh√£ pra fazer, mas parece que voc√™ s√≥ acordou, prendeu e nasceu linda. Percebam como ela pesou na pulseira e rel√≥gio, mas foi bem suave na escolha dos brincos e colar. A make “deixe minha pele respirar" + olho gatinho e batom colorido a la francesa ca√≠ram bem. A sand√°lia eu achei com carinha de festa, eu colocaria tranquilamente um scarpin/ankle strap/mary jane/alpargatas/mocassim/espadrilhe... Ai gente! Um milh√£o de possibilidades que dependem do seu gosto e da ocasi√£o - que por sinal deve ser mais informal e descontra√≠da. Vamos falar da it bag cl√°ssica sonho de consumo que deixa a mo√ßa mais sofisticada, por√©m pra mim ela em conjunto com a saia tem cara compras em NY! Deixa o look um pouco confuso, n√£o √© regra mas eu trocaria a bolsa por uma transversal vazada linda que vi quando perambulava pelo shopping.

Iai, gostaram?
Espero que sim :)






segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Di√°rio Alimentar

Quarta, 18 de novembro= 590

•10:00- Danio morango - 128
•19:00- fil√© de frango assado - 165
•19:00- macarr√£o - 297

→exerc√≠cios: ok
→franol: 3
→√°gua: 6

Quinta, 19 de novembro= 1197

•12:00- fatia pernil assado - 211
•12:00- 3 col sop arroz - 123
•17:00- ½ fatia torta de frango - 115
•18:00- fatia pernil assado - 211
•18:00- 3 col sop arroz - 123
•18:00- 4 col sop feij√£o carioca - 80
•20:00- bolinho morango - 151
•20:00- batom garoto - 80
•20:00- bombom serenata de amor - 103

→exerc√≠cios: nada
→franol: 2
→√°gua: 7

Sexta, 20 de novembro= 365

•10:10- 500ml suco de melancia com gengibre - 135
18:30- 1 fatia de torta de frango - 230

→exerc√≠cios: ok
→franol: 3
→√°gua: 7

S√°bado, 21 de novembro= 464

•11:30- 4 col sop de arroz - 164
•11:30- fil√© de frango - 165
•15:00/17:00- 500ml suco de melancia com gengibre - 135

→exerc√≠cios: nada
→franol: 3
→√°gua: 6

Domingo, 22 de novembro= 150

•12:00- 200ml suco de melancia com gengibre - 60
•16:00- banana - 90

→exerc√≠cios: nada
→franol: 3
→√°gua: 8

Segunda, 23 de novembro= 437

•08:00- fatia de melancia - 35
•12:00- 2 col sop arroz - 82
•12:00- 3 col sop feij√£o - 60
•12:00- ½ fil√© frango - 83
•18:30- club social integral - 117
•18:30- 200ml suco de melancia - 60

→exerc√≠cios: ok
→franol: 4
→√°gua: 8


:-\ Sinceramente estou com vergonha dessa semana, praticamente sem exercícios, muita comida. E o pior! Comida gorda!!! aff aff aff

___________________________________________

Tenho passado meus dias estudando. N√£o, n√£o estou estudando para as provas finais como deveria, to estudando moda. Sim, moda. Na verdade estou montando meu estilo, fazendo uma auto consultoria. Nossa Any que bobagem! N√£o √©. √Č bastante importante pra mim, sabe por qu√™? Porque se me perguntarem para qu√™ quero ser magra eu, de pronto, respondo: para poder vestir-me bem
Do jeito que sempre sonhei.

Com essa minha auto consultoria de moda percebi o quanto as coisas mudaram de 2011 pra cá. Nuss... Vocês não imaginam! Fico feliz em dizer que meu estilo mudou sim, e para melhor!
Cortei modelagens e cores que n√£o me favorecem, que me fariam passar uma imagem super equivocada do que n√£o sou.

Gostaria de compartilhar isso com vocês, de verdade. Mas não quero que se cansem de mim e do meu blog, então como ficaria muito grande vou deixar para o próximo post, ok?

Pra encerrar com muito estilo
E como estou completamente imersa no mundo da moda
Deixo pra voc√™s o look inspira√ß√£o do dia, espero que gostem! 


Esse look é bem democrático. Adoro ele!
A camisa branca √© certeira, com esses recortes vazados fica mais delicado e tem muita informa√ß√£o de moda, o blazer preto √© uma das pe√ßas que precisam existir em todo e qualquer guarda-roupa (masculino e feminino), ele traz o poder da terceira pe√ßa, projeta duas linhas na diagonal que emagrece visualmente. O jens √© outra pe√ßa atemporal que vale a pena investir. Pode conter lavagens ou ser destroyed, mas se o look for para o trabalho um jeans mais s√≥brio cabe melhor na situa√ß√£o. Lembrando que no caso desta cal√ßa os z√≠pers na altura do quadril aumenta-o visualmente, ent√£o cuidado mo√ßas. Nos p√©s voc√™ pode p√īr desde uma sapatinha, passando por um oxford at√© um scarpin, podendo eles ter cores, estampas e texturas variadas, tudo vai depender da ocasi√£o. Ah! A it bag maravilhosa n√£o pode passar despercebida, linda faz o tipo discreta-estilosa, e √© perfeita pro trabalho. Os acess√≥rios ficam eencarregados de acrescentar sua identidade no look.




Basers ♥

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

DICION√ĀRIO ANA & MIA

Dicion√°rio Ana & Mia


ANA: anorexia.

MIA: bulimia.

NF (no food): Jejuar. N√£o comer. √Č permitido apenas caf√© e ch√° sem a√ß√ļcar, coca cola zero, trident sem a√ß√ļcar. √Āguas temperadas tamb√©m s√£o permitidas (√°gua com gengibre, lim√£o, beringela, canela).

LF (low food): Comer pouco, ou apenas o suficiente. São permitidas de 100 a 800 calorias. Podeacha gastas com qualquer alimento, passando de 800 não é mais lf.

LF líquido: Consumir de 100 a 800 calorias só de líquidos (sucos, sopas, iogurtes, leite, shakes, refrigerantes).

Semi-NF: Quando for consumido até 100 calorias. Também pode ser líquido.

DIETA: Um plano alimentício que pré-estabelece alimentos ou calorias que devem ser consumidos durante um certo período de tempo, a fim de perder peso ou reduzir medida ou em casos específicos ganhar massa magra.

MIAR: Provocar o v√īmito proprositalmente, seja com os dedos, escova de dentes, perfume, detergente ou qualquer outro m√©todo, inclusive rem√©dios. Por culpa ou pelo doentio prazer de comer e vomitar.

LAX: Laxantes, usados normalmente depois das compuls√Ķes ou para diminuir a barriga (ilusoriamente).

DIU: Diuréticos usados com o mesmo fim que os laxantes.

COMPULSÃO: Comer exageradamente sem raciocinar.

THINSPIRATION (thinspo): √Č uma inspira√ß√£o de magreza. Uma pessoa que tem o corpo que te inspira, podendo ser uma atriz, cantora, modelo, uma vizinha ou qualquer outras que t√™m o corpo que deseja.

FITSPO: Inspiração de magreza fitness. Podendo ser do tipo magrela, gostosa ou maromba.

FATSPO: Uma pessoa que tem o corpo que você evita, em relação ao excesso de peso. Gordas basicamente.

COLAR  BONES: Ossos da clav√≠cula. Ossinhos que aparecem perto do pesco√ßo.

THING  GAP: Tamb√©m conhecido como escapa gato, √© o espacinho que existe entre pernas finas. Onde elas n√£o se encostam.

AF: Atividade Física. Exercícios.

TA: Transtorno Alimentar (anorexia, bulimia, hipergafia, ortorexia, vigorexia, TCAP, entre outros).

P.s.: Est√° no planejamento do blog um post explicativo sobre os tipos de TA's.

Pr√≥ ana e/ou pr√≥ mia : √Č quem ap√≥ia/incentiva a anorexia e/ou bulimia. Nem toda ana/mia √© pr√≥, √© bom entender isso.

Pulseiras ana/mia: S√£o pulseiras de qualquer material que usamos para nos reconhecer ou para lembrar da causa. 
vermelha: para ana
roxa: para mia
preta: para anamia

Atingir o CONTROLO: Chegar a ana, atingir sua meta final.

DISTORÇÃO: Quando você enxerga seu corpo maior do que realmente é.

JOURNAL: Um livro/caderno/agenda com dietas, metas, poemas, dicas e thinspos para inspiração e controle de resultados.


Dicas e observa√ß√Ķes:

•Se voc√™ est√° acima do peso o emagrecimento inicial ser√° mais r√°pido. Depois que atingir um certo peso ir√° ter seu metabolismo mais lento e a perca de peso pode n√£o ser constante. A dica √©: use alimentos termog√™nicos como pimenta e gengibre, consuma alimentos com calorias negativas, varie as calorias dos lfs ou intercale nf e lf, tente intensificar os exerc√≠cios para manter o corpo queimando. Assim voc√™ evita comer a toda hora.

•Fa√ßa √°gua detox, reduz a celulite consideravelmente, emagrece, ajuda a regular o intestino e acelera o metabolismo.
RECEITA: 1 berinjela; gengibre a gosto; 1 ou 2 lim√Ķes; 1l de √°gua pot√°vel.
MODO DE PREPARO: corte a berinjela em tiras ou em cubos; descasque o gengibre e corte em cubos; ponha na √°gua; lave os lim√Ķes, corte-os e esprema-os na √°gua e depois os ponha (com casca) na mistura. Deixe descansar em recipiente com tampa por 8 horas ou uma noite. Consuma a √°gua durante o dia todo (ingerindo pelo menos 200ml em jejum) e preencha para o dia seguinte. A √°gua pode ser reposta de 3 a 5 dias, depois desse per√≠odo tudo deve ser trocado. Conservar na geladeira. 

•Controle o uso de laxantes e diur√©ticos, eles n√£o emagrecem. Apenas te d√£o a sensa√ß√£o de estar menos cheia. Deixe para ocasi√Ķes especiais.

•Quando usar diur√©tico triplique o consumo de √°gua.

•Quando usar laxante tenha certeza que n√£o far√° nada de importante na hora dos efeitos. Assim voc√™ se previne de maus momentos.

•Em dias de nf, tente n√£o fazer esfor√ßos grandiosos. Evite desmaiar na frente dos outros.

•Nos seus lfs tente consumir alimentos mais saud√°veis, n√£o gaste suas calorias com guloseimas e comidas gordurosas. Aproveite a oportunidade para se nutrir.

•Miar engorda, se voc√™ perde o controle sobre a comida e passa a comer pensando que pode miar ou usar laxantes, pode ter certeza voc√™ estar√° se afastando do seu objetivo.

•Nunca fale que est√° muito gorda ou de dieta na frente de parentes e/ou amigos, eles podem desconfiar.

•Para descartar comida indesejada guarde sacos pl√°sticos em seu quarto pra esse fim.

•Tente n√£o desperdi√ßar muito alimento, voc√™ pode doar ou alimentar um c√£ozinho.

•Pra se distrair da fome realize tarefas que te d√™em prazer. Dance, cante, desenhe, assista um filme/s√©rie/novela, namore, leia, saia pra correr, aproveite e queime umas calorias.

•Chupar gelo √© legal. Voc√™ pode fazer picol√©s com suco clight zero pra distrair a fome.

•D√™ passeios pela cozinha per√≠odicamente. Deixe pratos sujos para simular que voc√™ comeu.

•Beba muita √°gua, voc√™ sabe porque.

•Acorde cedo, tome um banho para lhe dar disposi√ß√£o.

•Parece bobagem, mas manter-se limpa, depilada e cheirosa vai te ajudar a se manter focada.

•Pinte as unhas para esconder a palidez.

•Use hidratante/protetor labial para amenizar o ressecamento da boca.

•Um blush √© sempre bom pra disfar√ßar um rosto p√°lido.

•Exerc√≠cios v√£o te ajudar a emagrecer mais depressa e te livrar√£o da flacidez.

•Tome suplementos vitam√≠nicos para manter cabelo e unhas fortes.

•Cuide da sua auto-estima, se seu cabelo/pele estiver bom, voc√™ ter√° mais foco pra continuar.

•Compre roupas apertadas, com certeza voc√™ vai querer ficar bem nelas.

•Prestes a ter uma compuls√£o? Pule 100 vezes sem parar.

•Se presentei a cada meta alcan√ßada.

•N√£o gaste seu dinheiro com comida desnecess√°ria, compre novos esmaltes ou cremes de hidrata√ß√£o. Quem sabe uma nova pe√ßa de roupa, ou at√© pode ajudar algu√©m que precisa.

•Quando for miar a dica √© n√£o beber muita √°gua, ela sempre sai primeiro, as vezes pelo nariz, voc√™ s√≥ vai se cansar. Aperte o est√īmago e tente empurrar a comida por dentro, com o controle da respira√ß√£o voc√™ n√£o far√° tanto barulho.

•Comer em frente o espelho realmente funciona.

•Pese-se semanalmente.

•Mantenha metas pr√©estabelecidas, e planeje o seus pr√≥ximos dias.

•Mantenha um di√°rio alimentar.

•Tenha uma caixinha onde voc√™ coloca o valor cal√≥rico de cada alimento que voc√™ resistiu escrito em um papel. Abra-a no fim do dia, some tudo e sinta-se realizada.

•Se tiver um journal guarde-o com sua vida, se descobrirem voc√™ est√° frita.

•Mentir uma dia ser√° necess√°rio.

•Tente manter o uso de refrigerantes zero baixos, eles podem n√£o conter calorias mas tem muito s√≥dio, o que te faz inchar.

•Muita vontade de comer? Coloque gotas de molho de pimenta em sua l√≠ngua.

•Estabele√ßa puni√ß√Ķes. Exerc√≠cios s√£o os melhores.

•Um dia perdido n√£o significa que deve comer mal o m√™s inteiro.

•Fa√ßa planos, tenha sonhos. D√™ tudo de si para realiza-los.

•Conhe√ßa seus limites, seja magra e viva! Magreza no caix√£o n√£o adianta.

•Quando comer, mastigue devagar. Sinta o gosto da comida. Antes de acabar a culpa ser√° t√£o grande que voc√™ ir√° desistir.

•N√£o se renda a qualquer tenta√ß√£o, no come√ßo sempre √© dif√≠cil. Depois de um tempo as comidas “gostosas" n√£o ser√£o assim t√£o tentadoras.

•Quando voc√™ parar de comer tanto, vai ver como frutas e verduras podem saborosas! A fome √© o melhor tempero.

•Lembrando: n√£o fa√ßa compras de barriga vazia. Ou muito infeliz, voc√™ pode querer descontar suas tristezas, decep√ß√Ķes ou raiva na comida.

•Toda vez que comer al√©m do planejado, preste bem aten√ß√£o na culpa. Veja o qu√£o doloroso √© comer sem limites. Assim voc√™ vai lembrar da pr√≥xima vez.

•Tente socializar.

•Quando te oferecerem comida diga que comeu algo em outro lugar.

•Se torne intolerante a alguns tipos de alimentos. Fa√ßa com que as pessoas acreditem nisso.

•Toque seus ossos, sinta-os evid√™nciando, aproveite o resultado. Veja como tudo vale a pena.


Ent√£o magrelas, voc√™s devem estar se perguntando: por que a Any ta escrevendo o que todo mundo j√° sabe. Bom, eu queria deixar aqui algo mais concreto, para todos entendam bem os conceitos que aprendi l√° em 2011. E as dicas e observa√ß√Ķes foram todas escritas por mim, tudo testado e comprovado. √ďbvio que existem in√ļmeras outras coisas que se acha facilmente na blogosfera ANAMIA. 


Como o post está bem didático, quero falar/explicar pra vocês minha experiência com o franol.
Se não me engano comecei com o franol em 2013, e de lá pra cá ele tem sido meu céu e meu inferno. Depois de ter minha filha ficava entre 60kg e 67kg, nunca passava disso (isto já com a ana) mas após conhecer a mia, tudo desandou, engordei mais e mais, contudo conheci o franol comecei a tomar e vi logo os resultados. Porém assim que parava o peso voltava em dobro.
Vamos a alguns conceitos:

→ ECA: efedrina + cafe√≠na + aspirina. √Č um termog√™nico caseiro, a receita √© 30mg de efedrina (2 franols) + 200mg de cafe√≠na (200ml de caf√© extra forte) + 1 aspirina.
Acho a aspirina totalmente desnecessária, já que a intenção dela é só amenizar os efeitos do negócio, e isso é meio difícil de acontecer.

→ EC: efedrina + cafe√≠na. Mesmos efeitos e mesma receita do ECA, s√≥ que tirando a aspirina.

→Franol: S√≥ deve ser vendido sob prescri√ß√£o m√©dica, por√©m n√£o √© isso que acontece, aqui eu compro livremente e nunca me perguntaram nada. √Č destinado ao uso como broncodilatador, na asma br√īnquica e no broncoespasmo revers√≠vel, que pode ocorrer na bronquite. Nele cont√©m 15mg de sulfato de efedrina (equivalente a 11,9mg de efedrina). O que faz emagrecer meninas √© a efedrina, que √© um planta/erva oriental que teve o uso proibido para fins de emagrecimento por ser viciante e considerada como “uma droga com mais mal√©ficios que benef√≠cios".

Ent√£o, como eu j√° disse acho extremamente desnecess√°rio o uso da aspirina. Tentei EC, s√≥ que eu n√£o tomo caf√© n√£o suporto o cheiro me faz vomitar  a√≠ um belo dia eu tomei apenas o franol, e para minha alegria  surpresa nada mudou, com caf√© ou sem caf√© o franol faz efeito do mesmo jeito. Por isso o tomo pur√≠ssimo. Entre 2 e 4 comprimidos por dia.
Na verdade o recomendado para quem est√° tomando √© tomar durante 15 dias seguidos e dar uma pausa de 15 dias sem toma-lo. No meu caso essa pausa n√£o existe, tomo direto desde de maio deste ano, sei l√° quantas caixas j√° se foram, minhas pausas s√£o de um ou dois dias quando falta mesmo. Se me prejudica? Acho que sim. Se eu penso em parar? Com certeza n√£o agora. 
Sem data prevista.

Se eu perdi esses 15kg devo TUDO ao franol e a aquela √°gua detox que eu citei ali acima. “Nossa que maravilha! Vou me acabar no franol Anahi!!!
Uepa!  N√£o √© essa maravilha toda que voc√™ est√° pensando. E √© por isso que me sinto na obriga√ß√£o de contar-lhes os efeitos colaterais dessa belezinha.
Vamos l√° (de novo)

Você pode sentir:

tontura 
n√°useas
taquicardia
•  suor excessivo
dores de cabe√ßa do tipo “consideravel"
•  tremedeira
•  falta de concentra√ß√£o
irritabilidade 
c√£ibras
formigamento
dormência dos membros (principalmente inferiores)
hipertens√£o
inquietude
picos de energia
ins√īnia
perda de apetite
risadas maléficas quando se está sozinha


Bom, só consegui lembrar desses. A maioria eu sinto, só não a hipertensão. Pois tenho hipotensão e o negócio parece balancear, sei lá. E outra, ele realmente vicia, eu estou num quadro tão profundo que fico desesperada se não tenho aqui. Any sem franol = Any compulsiva.

Por isso é bom que saibam que não é uma maravilha tão grande assim. Ele é potente sim, funciona realmente, é barato (custa entre 5 e 6 reais com 20 comprimidos se não me engano) mas tem muita coisa ruim por trás.
Aaaaah! Mais duas coisas:

Quem tem problema cardíaco não tome de maneira nenhuma.

Quem usa anticoncepcional, o franol pode vai interferir nos efeitos do anticoncepcional. Voc√™ encontra essa informa√ß√£o na bula, em intera√ß√Ķes medicamentosas.
√Č t√£o tal que eu parei de tomar, ele bagun√ßou todo meu ciclo, e como a necessidade de tomar a efedrina era maior, eu optei por continuar com o franol e dar fim na pilula. E o marido Any? Ele t√° usando preservativo amores, at√© porque o prazer vem por outros caminhos e de outras formas ...
A questão é que não atrapalhou nada minha vida sexual.
Pra acabar com as d√ļvidas que ainda restam, sim ele e sabe que eu consumo franol diariamente e at√© compra pra mim. No come√ßo ele resistiu um pouco, mas eu usei meu poder de manipula√ß√£o e o convenci de que o franol n√£o me faz nenhum mal, depois que ele viu os resultados implica bem menos. At√© porque quando quero que ele v√° comprar sempre ofere√ßo “um pr√™mio" em troca.
Fica tuuudo tranquilo :)


Bom, se ainda resta d√ļvidas, podem perguntar. 
Gostaram das dicas/observa√ß√Ķes?
E o vocabulário anamia de vocês, é o mesmo?



♥Besos de fuego ♥