quinta-feira, 9 de junho de 2016

Cheshire Cat



Já dizia alguém o qual eu não me recordo que: o sábio jamais afirma ter certeza. Ele sempre questiona. Indaga a si próprio e sua própria verdade.

Eu, quando penso: “nossa como mudei, j√° n√£o vejo as coisas de tal maneira, olha como eu era antes" sigo achando que permanecerei de tal forma. Quando ent√£o a cada instante ocorrem mudan√ßas constantes.

Ao perceber tais modifica√ß√Ķes - quando se amontoam chamando minha aten√ß√£o - penso: “nossa como mudei".

Mais nada importa, mais nada faz sentido.

Como me indentificar ou me denominar algo quando não sei até quando serei tal coisa?

Impossível saber.

Mas Any, impossível não existe.

Despossível então.

Com certeza eu mudei, basta olhar o blog. Quem bem me conhece sabe que a Any Portilla jamais trocaria o cor-de-rosa por azul. Ah o azul... Azul cor-de-eu. Infinito azul.
Desfiz-me dos tons de rosa, mas isto n√£o quer dizer que eu j√° n√£o o ame. Eu amo cor-de-rosa. Mas, infelizmente, este j√° n√£o transparecia a mim a Any. Defiz-me tamb√©m de Anahi, lembram? Ainda te quiero mi reina, mas n√£o √© mais a ti meu tributo. Minha thinspo oficial. Quantas vezes escrevi isso achando que era eterno.

Assim como não existe impossível não existe eterno.

euacreditonoinfinito

√Č contradit√≥rio, voc√™s podem n√£o entender.

Meu lema era: I do Belivie (Eu acredito).
E agora é algo como: Nada é possível. A menos que seja.

S√£o t√£o semelhantes quanto distintos.

√Č complicado...

Terminantemente não entendível.

O novo visual do blog tem mais de mim, do que sou agora. N√£o sou uma mulher de fases.
Nem mulher eu sou, sou apenas uma garotinha
Mas eu preciso estar em harmonia com meu ambiente. Tentarei explicar o motivo da mudan√ßa, √© que eu tenho problemas com espelhos. S√©rios problemas. Espelho me aterroriza desde a primeira inf√Ęncia. Aos dois anos eu murrei um espelho porque j√° n√£o gostava do que via. Mas Any, como tu sabe que n√£o gostava da tua imagem com apenas dois anos? Ora! Mas que outra explica√ß√£o teria? Cresci ouvindo lendas sobre os portais encantados espelhos. Quando algu√©m morre em frente a um, sua alma fica presa nele. Cobrem-se os espelhos de casas onde aconteceu alguma trag√©dia, para que nada prenda o defunto neste mundo angustiante.

Meus colegas e parentes me julgam cética. Minha mãe, outro dia me chamara de atéia, e me vira irritada com tal pressuposto, visto que só Deus sabe como sou fiel, e com ele converso todos os dias. Só a ele minha fé deve ser provada, não mais.
O fato de me acharem incrédula se contradiz com meu... receio (leia exitante para dar o tom)

Mas que raios eu tenho com espelhos eu não sei. Só sei que de tempos em tempos vejo garotas mortas com borboletas escapando de suas gargantas me observando do lado de lá. As vezes penso que seria mais apropriado, de forma mais fácil, fazê-las gordas, do que elas fazerem de mim alguém magro.

Se pensam que meu blog tem como tema o filme Alice Através do Espelho, estão completamente e inteiramente corretas. Porque no cinema senti-me encarnar naquela lourinha, senti algo infinitamente impossível estar mais próximo do é possível de se imaginar. Como um estalo eu me vi de volta com o dom que tanto amo. A escrita.
Queira Deus alguém me leia e comente aqui em baixo, porque, convenhamos, eu tenho um ego a alimentar certo?

Sinto-me infinitamente satisfeita com meu novo espelho blog. Quando estiverem por aqui, imaginem-se em meio ao meu reflexo. No fundo o blog nada mais é do que isso, um reflexo do meu eu.

O Gato de Cheshire. Ah, como eu amo esse gato! Eih! Talvez seja isso. Eu amo felinos, isso desde... sempre (enfatizem o sempre). Eu amo todo tipo de gato, grande ou pequeno, de qualquer cor. Tenho sérias quedas pela cultura egípcia por conta de sua adoração aos felinos. Tenho carinho por eles desde que me lembro, e talvez seja isso o meu imutável. Sou imutável, constante e estávelmente uma amante de felinos. Eu simplesmente amo gatos e ponto final - sem ponto final porque quero incomodar meu eu estranhamente obcecado por pontuação

Quando começamos a falar de gatos?

Eu sinceramente n√£o sei se isso ser√° postado

Porque n√£o faz sentido.

Ou seria:

Por que n√£o faz sentido?

Se eu não fosse como sou então eu seria diferente do que jamais um dia fui ou queria ser porque por mais que eu tente mudar não consigo permanecer a mesma ainda que eu tente ser algo que eu sonhei e não possa ser de tal maneira porque não me é cabível o que não significa que não é alcançável pois afinal nada é impossível o problema mesmo é que quando eu for como um dia eu quis ser eu já anseiarei em ser algo diferente.

Se é desta forma vocês acham que um dia eu serei perfeita? Eu creio que sim. Ou não. Depende do meu estado de espiríto.

S√≥ para constar, recuso-me terminantemente a utilizar rem√©dios do meio psicol√≥gico. 

Sabe o que me veio a mente agora?
Como foram burros os índios ao trocarem ouro por espelhos. Ou seriam eles espertos? Já que riqueza não é tudo. Mas de qualquer forma fizeram mal.

Talvez seja culpa dos índios meu sério... receio (vocês já sabem) com espelhos.




P.s.: essa sou eu, não se assustem. Estou com 59,8kg e me esforçarei para alcançar os 55kg até 30/06/16

12 coment√°rios:

  1. liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinda da minha vidaaaaa.....
    vc est√° linda sim....
    vc vai conseguir alcançar sua meeta... nos conseguiremos..
    bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu blog ta diferent√£aaaao.....
      linda linda linda...

      Excluir
  2. nossa any.. eu me lembrava de VC e imaginava que tinha sumido.. at√© VC dizer que mudou o blog e td mais. Voc√™ esta em evolu√ß√£o e para isso e necess√°rio mudan√ßas, e VC est√° fazendo isto! Estais linda! Cada dia mais perto de ser uma borboleta! isso e lindo e eu gostei muito do seu novo blog e nova Any.. Confesso que eu n√£o sei que gato e esse, creio que seja o do pa√≠s das maravilhas.. O qual come√ßei a ver e n√£o terminei.. Gostei muito ūüėäūüíďūüĆł

    ResponderExcluir
  3. Ol√°, princesa. ♥
    Muito obrigada pela visita e comentário no meu blog. Realmente é muito difícil encontrar blogs ativos de 2009... Ou ao menos os que eu seguia (e eram muitos), a maioria desapareceu... Talvez seja eu a tola por continuar aqui, mas simplesmente não consigo me aceitar como sou, então continuo na luta desde sempre. Ahahahaha...

    Amei sua escrita! Tão indagativa e cheia de questionamentos... Não sei quantos anos você tem, mas acabou me lembrando quando eu era mais novinha. =) Não na parte da escrita, pois sempre amei escrever porém sempre fui péssima... Mas sim nesse jeitinho de indagar tudo e todos e até a si mesma. Que saudades de quando era mais nova...

    Enfim... Achei sua foto linda! E imagino que estará sim perfeita quando alcançar sua meta! *-*
    J√° passei a seguir seu blog para poder acompanh√°-la. Ent√£o mantenha-se firme e vamos de uma vez por todas alcan√ßar nossas metas. ♥

    ResponderExcluir
  4. Esses espelhos... Eu quando olho me vejo obesa....
    Voce esta linda e que bom que esta mudando!

    ResponderExcluir
  5. any-chan seu texto é tão profundamente confuso assim como nós mesma, vc descreve as bagunças q estão em nossas mentes, ou seriam somente na sua ? sim em alguns pontos me identifico, e nos outros vejo vc lá distante, que só poderei acessar entrando nesse espelho infinito com fim.. se não gosta da sua alto imagem, esta refletida, basta lutar e vc conseguira alcançar sua meta para esse mes <3

    ResponderExcluir
  6. Ol√° Any ♥
    O texto reflete bem a cabeça de alguém que sofre com o t.a. Como a Hina disse, também me indentifico com alguns pontos...
    Vamos á luta, o que vale é hoje, para que se faça o amanhã.

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  7. Any ♥
    Lembro que te conheci mais ou menos em maio ou junho de 2013. O que posso dizer? Você está mudando, obviamente, amadurecendo em diversos aspectos e isso se reflete no blog e imagino que em muitas outras coisas também.
    Devo dizer que sua escrita amadureceu bastante também, você escreve poesia, suas palavras são leves e profundas ao mesmo tempo, quase hipnóticas.
    Amei o novo visual do blog, acho fascinante a história de Alice e desde que li o livro e assisti ao primeiro filme, percebi o quanto é possível se identificar com a personagem. Lembro-me de um trecho em que Alice começa a se afogar nas próprias lágrimas, aquilo me marcou, não sei bem por que.
    Enfim, Any, você está linda, sério. Sei que pra você não é assim, mas digo aquilo que vejo e você é sim LINDA.
    Beijinhos e fique bem, ok?

    ResponderExcluir
  8. Estou sem saber o que dizer em relação ao texto. Muito bom. Mas o que eu posso te dizer é que nesses sofridos 21 anos de vida, algo que eu aprendi é que a gente muda e nem percebe que mudou. O crescimento faz parte da vida e não é só o físico, o emocional também. A gente amadurece e passa a ver as coisas de uma forma diferente.

    ResponderExcluir
  9. Ta linda parabéns!
    Quando vi num coment√°rio que vc escreveu e disse q ia postar foto vim correndo!!!
    Beijos! Parabéns !!!

    ResponderExcluir