segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Nada nesse inferno de vida faz sentido


Eu não consigo fazer nada.

Nada de produtivo. Nada que preste.

Não consigo estudar.
Ser mãe.
Mulher.
Filha.
Cuidar da casa.
Ir bem na Universidade.
Trabalhar.
Não consigo ser bonita.

Nem escrever poesia consigo mais!

A gordura me levou tudo. Tudo!

Olha para mim! Veja quem eu era, como estava perto de conseguir meu maior sonho.




Ridícula! Eu tenho vontade de arrancar minha pele por ser tão burra.

Burra.

Burra.


Odeio ser dramática. Odeio ficar reclamando sem rumo. Eu sei que é chato, mas a situação está insustentável. Cada dia que passa as coisas mudam para pior. O blogger mudou, eu mudei, as circunstâncias mudaram. Tudo cada vez mais na merda. Eu quero meu controle de volta, quero ler vocês e sentir aquela ansiedade boa, aquela inspiração. Quero escrever de novo meu Deus! Escrever com a alma. Isso tudo apenas significa que a ana não está mais comigo, nem ana nem mia nem nada. Era a ana que conduzia minha mão em cada palavra. Agora eu me reduzo a vir aqui reclamar e fazer promessas que eu sei que não vou cumprir. Sinceramente eu gostaria de poder desistir. Deixar tudo de lado e ir para o grande e infinito vazio sem fim.


13 comentários:

  1. Eu gostaria de escrever algo para te animar, mas ultimamente não animo nem à mim mesma, então...

    Só posso dizer que sei exatamente como se sente, e que realmente espero que você consiga encontrar seu rumo novamente. Apesar de tudo, acredito que você é capaz de atingir seu objetivo.

    Não sei se significa muito, mas estou torcendo por você.

    ResponderExcluir
  2. Primeiro : O plano de fundo do seu blog esta M A R A V I L H O S O
    Segundo : Não foi a gordura que tirou as coisas de você, foi você mesma, não estou falando isso pra fazer você se senti mal. Longe disso, só quero que entenda que quem guia sua vida e suas escolhas é você e sendo assim é a unica capaz de mudar toda e qualquer situação. Não espere resultados imediatos nada acontece do nada, quando for possível sente com calma anote tudo que você quer mudar (Enlgoba tudo) e trace um plano pra chegar no seu objetivo! Sei que vai conseguir eu acredito!
    Espero ter ajudado Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu me identifiquei muito com o que você escreveu, me sinto exatamente como você, muito incapaz de ser mãe, mulher, esposa, dona de casa, estudante, e também já não sinto a Ana aqui. Mas queria dizer que não foi a gordura que tirou essas coisas da gente, talvez ela seja uma consequência de não estarmos nos organizando, de não estarmos dando conta, e aí tudo vira uma bagunça e perdemos o controle de tudo. Concordo com a colega acima sobre escrever um plano com objetivos, e acho que eu mesma vou fazer isso. Força, chegaremos lá!

    ResponderExcluir
  4. Oi querida, eu sei o quanto isso é ruim. Decepcionante, mas acredite que tudo pode ser superado. As dicas acima são muito válidas. Traçar objetivos, rumo, metas, etc ajuda bastante! Aos poucos. Um passo de cada vez.

    VOCÊ É CAPAZ!
    ACREDITE!

    ResponderExcluir
  5. Oi Any, oh meu amor estamos aqui. Sempre estivemos, e sempre estaremos. Você continua sempre sendo uma grande inspiração. Eu sei que as coisas não são como antes, o blogger mudou muito. Poucas garotas tem blogs, muitas abandonaram, desistiram, esse caminho é tortuoso, machuca, poucas aguentam o tranco. Mas saiba que aqueles que permanecem conseguem uma hora ou outra. Levanta essa cabeça, enxuga essas lágrimas. Fecha a boca. Não deixa que a comida te domine, você é dona de si mesma, você é dona do seu corpo. Só você pode mudar.
    Eu sei que estarei contigo, sempre.

    Beijos da Lua

    ResponderExcluir
  6. É como a M.L.T disse, talvez a gordura seja só uma consequência. Não se deixe levar por sentimentos ruins, planeje com frieza e convicção. Acreditamos em você Any, sabemos que às vezes as coisas não dão certo... Apenas continue tentando! Corra o mais rápido possível para alcançar seus sonhos e quem sabe, queimar calorias também ;)

    Estamos com você ♥

    ResponderExcluir
  7. Quando nos sentimos perdidos, parece que não tem saída, mas tem, já experimentou fazer novamente o que você fazia antes, até por que se funcionava antes, por que não funcionária agora? Minha vida também tá um caos, amiga, te entendo completamente, e também não vou falar mil e umas coisas, pois nem da minha própria vida também não estou sabendo lidar... Mas, pelo menos tô emagrecendo, Franol voltou a vender na minha cidade, por que não vê se voltou na sua também? E pra mim isso tem sido como uma salvação, sinceramente, por que no meio do caos que tudo se encontra, pelo menos se estivermos emagrecendo, já ajuda bastante, pelo menos uma coisa estará dando certo e nem tudo estará tão perdido assim. E se nem os remédios derem certo, e jogue nas dietas radicais, existe tantas por aí, procure se distrair o máximo possível pra esquecer da existência da comida ou da fome.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia seu blog.

    Você precisa se acalmar, organizar esse pensamentos, colocar a cabeça no lugar, e traçar um plano. Parece fácil falar daqui, mas acredito que você consegue.


    Venenos de Pelúcia

    ResponderExcluir
  9. Essa você do passado ainda está aí dentro! Lembro dos seus poemas, e de toda sua escrita. Sua entrega. Você consegue recuperar isso e ir além. <3

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. Eu também me sinto incapaz. E agora me sinto inútil e tento me preparar para os possíveis julgamentos que vou receber após pedir demissão.
    Eu te entendo amiga!

    ResponderExcluir
  12. Me sinto assim também mas lá no fundo ainda vive a esperança e o restinho de força que diz se levanta!!!

    ResponderExcluir